Rompendo barreiras

Segundo a Convenção  Internacional  Sobre os Direitos das Pessoas  com Deficiência  realizada no ano de 2008 pelas Nações Unidas e ratificada pelo Decreto n°6949/2009,  são consideradas  pessoas com deficiência todas aquelas que possuem algum tipo de incapacidade de natureza física, mental, intelectual ou sensorial  de caráter prolongado que em contato com qualquer tipo de barreira possa constituir qualquer tipo de entrave a sua efetiva participação na sociedade  em condições de igualdade.

Ao realizar a Convenção sobre as Pessoas com Deficiência  a Organização das Nações Unidas  realiza uma reflexão sobre a existência  de barreiras reais, e visa estimular os países  membros a construir nos âmbitos nacionais  políticas de inclusão e de superação dessas barreiras.

É necessário considerar que todos somos seres humanos  e assim, todos  enfrentamos  algum tipo de barreira sendo as pessoas com algum tipo  de deficiência possuem apenas algumas barreiras a mais a serem superadas diariamente.

Assim o pensamento científico  e filosófico adotado no século XXI  considera as pessoas com deficiência não como incapazes, mas sim  sujeitos de deveres e direitos como qualquer  outra pessoa, sendo  necessário investir no desenvolvimento da capacidade de cada um para que possam ser pessoas efetivamente participativas na sociedade.

Portanto é preciso esquecer do termo incapacidade e nos abrirmos ao  novo mundo de possibilidades que o universo da deficiência nos propõe, vocês  estão preparados?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *